Head

“No fogo, nasce o aço.
No fogo, o medo se desdobra
No fogo aqueço o cansaço
No fogo o mormaço quente sobra

É no fogo que apago minhas tristesas
E é o fogo que destroi nossas riquesas…"

Des larmes de feu; cantiga popular Ergothiana (cancioneiro das quatro estações)

Lágrimas do Fogo